Portal de Notícias RTN

Bolsonaro isenta de visto 4 países sem contrapartida

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

© Sérgio Lima

Turistas de 4 países –Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão– estão dispensados de visto para viajar para o Brasil.

O decreto, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelos ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), foi publicado em edição extra do Diário Oficial desta 2ª feira (18.mar.2019). Eis a íntegra.

De acordo com o documento, o visto é apenas para “turismo, negócios, trânsito, realização de atividades artísticas ou desportivas ou em situações excepcionais por interesse nacional”.

A estadia dos estrangeiros que preencherem esse quesito sem visto será de 90 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90.

No entanto, a medida anunciada pelo governo é unilateral. Ou seja, cidadãos brasileiros continuam precisando de visto para entrar nos países beneficiados pelo ato.

A publicação do decreto vem em meio à 1ª visita de Bolsonaro como presidente da República aos Estados Unidos. Ele deve se reunir com o mandatário dos EUA, Donald Trump, na 3ª feira (19.mar).

http://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2019/03/BBUVQ2W.jpghttp://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2019/03/BBUVQ2W-150x150.jpgR T NDestaquePolicial© Sérgio Lima Turistas de 4 países –Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão– estão dispensados de visto para viajar para o Brasil. O decreto, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelos ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), foi publicado em edição extra do Diário...Portal de Notícias RTN

Posts Relacionados

Policia Militar aprende arma em Jaboti

Policia Militar aprende arma em Jaboti

Em Ibaiti PM recupera celular furtado de loja

Em Ibaiti PM recupera celular furtado de loja

PM aprende indivíduos com revólver prata calibre .32.

PM aprende indivíduos com revólver prata calibre .32.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.