A Prefeitura municipal de Andirá promoveu mais um encontro com os profissionais celetistas que integram as áreas da Saúde e da Viação e Serviços Públicos (Defesa Civil) para esclarecer sobre o processo de migração do regime CLT para Estatutário. Ao todo são 34 profissionais. A apresentação, realizada esta última semana na sala de eventos da secretaria Municipal de Educação, foi mediada pelos procuradores do município, Dr. Paula Peres e Dr. Murilo Correa; além do Presidente do Fundo de Previdência Social dos Servidores Públicos de Andirá, Aurenilson Cipriano; o advogado do Sindicato dos Servidores Públicos, David Salomão Justino Júnior, e pela Prefeita, Ione Abib. Além deles, os secretários de Administração, Marcos Cesar Caetano Pimenta e de Saúde, Ednyra Godoy, também estiveram presentes.

A meta é eliminar riscos de mesma função, com remunerações distintas, principalmente nos casos dos que são contemplados com insalubridades. O encontro, segundo informou a Prefeita Ione Abib, durante explanação, foi uma proposta de espaço democrático de diálogo, apresentando as vantagens e desvantagens para que os servidores possam analisar se há interesse ou não de migrarem. Segundo ela, a ideia, entre outras questões,  é promover igualdade de direitos em benefícios. A iniciativa da Prefeitura em regularizar esta ação é inédita em toda região. A equipe tirou dúvidas dos servidores presentes e, no final, pediu que levantassem as mãos quem aceitava a mudança.

De acordo com Rosângela Leandra Vieira, do PSF da Vila Industrial, a iniciativa da Prefeitura foi importante.  “Eu penso que o estatutário tem mais segurança e com todas estas mudanças que estão tendo na política nacional, acho que a gente acaba tendo mais segurança. É uma proposta muito importante. Quero agradecer a Prefeitura pela iniciativa e, principalmente, por ter consultado nós para estar realizando isso. É muito bom saber que estão se preocupando com o funcionário público”.

Para o enfermeiro Thiago José Norberto Costa, também do PSF da Industrial, a proposta foi entendida pelo funcionalismo. “Foi muito válido. Garantindo o direito dos funcionários. Esta proposta de mudança dos celetistas para estatutários, nós vemos como melhoramento em todas as classes de celetistas que estão atuando. As informações foram entendidas e vai ajudar os funcionários”.

Tiago Dedone

http://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2017/09/1825_c7f2cbf02e1f6aa104276b1cb4d3ece693c99ed2-800x600.jpghttp://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2017/09/1825_c7f2cbf02e1f6aa104276b1cb4d3ece693c99ed2-800x600-150x150.jpgR T NDestaqueNorte PioneiroA Prefeitura municipal de Andirá promoveu mais um encontro com os profissionais celetistas que integram as áreas da Saúde e da Viação e Serviços Públicos (Defesa Civil) para esclarecer sobre o processo de migração do regime CLT para Estatutário. Ao todo são 34 profissionais. A apresentação, realizada esta última...Portal de Notícias RTN