Massa News

(Foto: Arquivo)

O número de mortes no trânsito em Londrina teve queda de 34% entre janeiro e maio de 2019, em comparação com o mesmo período do ano anterior. É o que aponta o “Placar do Trânsito”, levantamento divulgado pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU).

Elaborado com base na apuração de dados do Siate, do Instituto Médico Legal (IML) e da Delegacia de Trânsito da Polícia Civil, o estudo mostra que 29 pessoas morreram em acidentes no período observado neste ano, contra 44 em 2018.

No entanto, o número de acidentes cresceu. Só em 2019, a CMTU já registrou 1,4 mil ocorrências – quase cem a mais que no período anterior. No caso das vítimas não fatais, também houve aumento. Em 2019 foram quase duzentos registros a mais que no ano anterior.

O diretor de trânsito da CMTU, Major Sérgio Dalbem, indica que, por isso, é preciso ter cautela na hora de analisar os dados. Ele aponta que, mesmo havendo queda no número das mortes, a quantidade de registros de acidentes mostra que o trânsito na cidade continua violento. “Estamos falando de vidas que continuam sendo perdidas. Enquanto ainda registrarmos óbitos, não há muito o que comemorar”, enfatizou.

De acordo com o major, o excesso de velocidade ainda é o maior vilão das ruas e avenidas. Em seguida estão o avanço do sinal vermelho, a falta de cinto de segurança e o uso do celular na direção.

O levantamento também aponta quais são os trechos mais perigosos no trânsito londrinense e colocam os trechos urbano e rural da rodovia PR-445 em primeiro lugar, com oito acidentes fatais. Em seguida, com quatro mortes, está a BR-369, no perímetro da Avenida Brasília.

Colaboração Bruno Previdi e Prefeitura de Londrina

http://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2019/06/lg-f12cf4f8-011e-4eca-9207-936765f898ba.jpeghttp://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2019/06/lg-f12cf4f8-011e-4eca-9207-936765f898ba-150x150.jpegR T NDestaqueParaná(Foto: Arquivo) O número de mortes no trânsito em Londrina teve queda de 34% entre janeiro e maio de 2019, em comparação com o mesmo período do ano anterior. É o que aponta o 'Placar do Trânsito', levantamento divulgado pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU). Elaborado com base na...Portal de Notícias RTN