5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais segue até esta sexta-feira em São José dos Pinhais

Prefeitos, gestores e vereadores de todo o Estado participaram até esta sexta-feira (24), em São José dos Pinhais, do 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, para tratar de modernização dos serviços públicos. Promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de São José dos Pinhais, o evento, que acontece no Aeroporto Afonso Pena, traz soluções, modelos e informações que possam ser aplicadas pelos municípios no fomento do desenvolvimento local.

São ferramentas, sistemas e iniciativas com o intuito de desburocratizar processos nas Secretarias Municipais, reduzindo o atraso tecnológico dos municípios do Estado. Uma pesquisa do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br) mostra que a demanda no país não é diferente. Segundo o levantamento, 57% das cidades brasileiras não possuem setores de tecnologia estruturados nas Prefeituras.

No Paraná, o diretor da RCD, José Marinho, ressalta que o cenário das cidades digitais melhora a cada ano. Atualmente, mas de 100 localidades já contam com infraestruturas de rede e ações como sistemas de monitoramento, internet gratuita e tecnologias na Saúde, Educação, Administração, entre outras. “76% dos prefeitos eleitos também incluíram nos planos de governo, protocolados no ano passado junto ao TSE, o uso da tecnologia para aprimorar algum setor da administração pública, o que considero muito importante, pois demonstra que os gestores entendem a necessidade de investimentos para melhorar o serviço público”, afirma.

O prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon, destacou a importância da tecnologia para atender com rapidez a população. “Poder participar desse Congresso é muito importante para todos os municípios para a troca de experiência e conhecer o que está sendo feito pelas Prefeituras. Nós temos que usar a tecnologia para que esse serviço possa acontecer com qualidade na vida das pessoas. Essa é a nossa obrigação enquanto gestor público”, disse o prefeito na abertura do encontro.

Para o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, a tecnologia se torna necessária também para dar transparência e controle da máquina pública, com a gestão dos dados para auxiliar na tomada de decisão. Nesta quinta-feira (23), Rangel e outros prefeitos do Paraná e Santa Catarina foram homenageados durante o Congresso por projetos em andamento nas localidades. “É um reconhecimento do trabalho que estamos realizando. Hoje, aquele gestor que não se atenta a este setor consequentemente está fadado ao fracasso”, observou o prefeito.

Jaguariaíva é outro município dos Campos Gerais que vem investindo em conectividade. Segundo o prefeito Juca Sloboda, presidente da Associação de Municípios AMCG, uma rede com 25 km de fibra óptica começou a ser implantada para conectar cerca de 44 pontos públicos da cidade de 35 mil habitantes.

A proposta, que deve estar pronta em abril de 2018, também possibilitará a disponibilização de internet livre para a população. “A fibra óptica vai dar suporte para outros serviços que virão como câmeras, no atendimento da Educação e da Saúde, como dispensação de medicamentos e transmissão de exames. Os avanços são muitos na economia de recursos. Vai tornar muito mais ágil a resposta que o cidadão precisa do serviço público”, comenta o prefeito.

O 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais segue até esta sexta-feira no Aeroporto Internacional Afonso Pena. O evento tem o patrocínio master da ENW e da GOVBR; ouro da Exati Tecnologia, Camerite e IDS; prata do Instituto Cidades Inteligentes, Unicesumar, Sinax e Smart Matrix; e bronze da Universidade Positivo, CPN Informática – CCONET, SoftExpert e CaspBrasil, além do apoio estratégico do Fala Cidadão e Level3/CenturyLink.

A iniciativa também tem o apoio institucional do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Associação Brasileira de Internet (Abranet), Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática (ABEPREST), Associação das Empresas de Tecnologia da Informação do Paraná (Assespro-PR), Infraero, Sanepar, União dos Vereadores do Paraná (UVEPAR), das Associações de Municípios AMCG, AMCESPAR, AMEPAR, ASSOMEC, AMERIOS, AMUSEP, AMSOP, AMUNOP, AMUNORPI, AMUNPAR, AMUVI, CANTUQUIRIGUAÇU, COMCAM e dos hotéis Bourbon Dom Ricardo Aeroporto Curitiba Business e Rio Hotel by Bourbon Curitiba Aeroporto.

 

http://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2017/12/foto-2-5º-congresso.jpghttp://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2017/12/foto-2-5º-congresso-150x150.jpgR T NDestaquePolitica5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais segue até esta sexta-feira em São José dos Pinhais Prefeitos, gestores e vereadores de todo o Estado participaram até esta sexta-feira (24), em São José dos Pinhais, do 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, para tratar de modernização dos serviços públicos. Promovido pela Rede...Portal de Notícias RTN