Ampliação do número de expositores e extensa programação técnico-científica foram outros destaques da edição 2017

Mais de 15 mil pessoas de 51 países passaram pelo Anhembi Parque, em São Paulo, entre os dias 29 e 31 de agosto, para conferir a programação do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS). É o maior público da história do evento promovido pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Superou em 27,5% o da edição anterior, realizada em 2015.

Em sete salas e auditórios, 115 palestrantes e mediadores do Brasil e do exterior trataram dos principais temas da atualidade – como inovação, produtividade, sanidade, bem-estar animal, novas exigências de consumo, sustentabilidade e marketing. A feira, com entrada gratuita, reuniu 151 expositores, em uma área aproximada de 15 mil m².

As 31 agroindústrias produtoras e processadoras de aves, suínos e ovos presentes no evento geraram US$ 14 milhões em negócios internacionais. A partir de contatos mantidos na feira, os expositores projetam US$ 157 milhões em vendas nos próximos 12 meses.

“Além de fomentar conhecimento e negócios, o SIAVS iniciou esta edição com uma missão: superar as adversidades vividas pelo setor ao longo de 2016 e, especialmente, no primeiro semestre deste ano. Os números são atestado do sucesso dessa iniciativa”, ressalta Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.

Através do Projeto Imagem – uma parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) –, 50 jornalistas estrangeiros puderam conferir de perto as linhas produtivas nacionais e os diferenciais que colocaram o Brasil na primeira posição na exportação de carne de frango e na 4ª nos embarques de carne suína. Juntos, os setores respondem hoje por 4,1 milhões de empregos diretos e indiretos.

Outros dois projetos – Formadores de Opinião e Comprador – trouxeram 18 influenciadores de mercados-alvo das exportações brasileira (como presidentes de associações de produtores e importadores diversos países) e promoveram rodadas de negócios com as empresas exportadoras que participaram do evento.

O SIAVS também contou com a presença de mais de 1,4 mil avicultores e suinocultores no Projeto Produtor, uma iniciativa pioneira da ABPA com o objetivo de estimular as boas práticas de produção.

Programação reúne referências técnicas, empresariais e políticas 

Os temas mais atuais no setor de proteína animal estiveram em discussão nos três dias do evento. Na palestra inaugural, o diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, falou para aproximadamente mil pessoas sobre as perspectivas econômicas do agro e os desafios para corrigir distorções no mercado global.  A cerimônia de abertura contou com a presença de cinco governadores e 2 vices, além do ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

No segundo dia, CEOs das três maiores agroindústrias do país – Aurora, JBS e BRF – debateram fatores de competitividade e apontaram o cenário de oportunidades decorrentes das mudanças no cenário global. Líderes internacionais de entidades dos Estados Unidos e da Espanha apresentaram tendências do setor, ressaltando o protagonismo cada vez maior do Brasil no comércio exterior de aves e suínos.

Apresentações e debates sobre bem-estar animal, novas exigências do consumidor, inovação no abate e no processamento, segurança no trabalho, logística e abastecimento de grãos fecharam a programação. “Cumprimos o objetivo de reunir todos os elos da cadeia e reafirmar a força da nossa proteína animal. O Brasil seguirá gigante na produção e na exportação, mantendo a qualidade de seus produtos e ampliando sua presença internacional”, conclui Francisco Turra.

Apoio e patrocínios

Foram patrocinadores do SIAVS o Banco do Brasil, Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo  (FAESP), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, (FAPESP), Sindicato das Indústrias da Carne e Derivados no Estado de Santa Catarina (Sindicarne), Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (SINDAN),  Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos do Estado do Rio Grande do Sul (SIPS), Elanco, Phibro, Bayer, Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP) e Sistema OCB.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), o Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (SINDIRAÇÕES), A Associação Nacional dos Fabricantes de Equipamentos de Aves e de Suínos (ANFEAS), O Instituto Ovos Brasil, A Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA), a Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV), a Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais (ALANAC) e a Associação Brasileira da Indústria Farmoquímica e de Insumos Farmacêuticos (ABIQUIFI) são apoiadores do evento.

Mateus Frizzo
jornalista

http://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2017/09/SIAVS-2017-Foto-Alf-Ribeiro.jpghttp://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2017/09/SIAVS-2017-Foto-Alf-Ribeiro-150x150.jpgR T NBrasilDestaqueAmpliação do número de expositores e extensa programação técnico-científica foram outros destaques da edição 2017 Mais de 15 mil pessoas de 51 países passaram pelo Anhembi Parque, em São Paulo, entre os dias 29 e 31 de agosto, para conferir a programação do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS)....Portal de Notícias RTN