Por RPC Guarapuava

Outra mulher ficou refém de suspeito por quase 10h em Pinhão, no Paraná.

ELe chegou e perguntou sobre a assistente social e, como ela não estava, disse ‘Fica quieta, que eu estou com uma faca e estou pronto para tudo!'”, lembra uma das três mulheres feitas reféns em Pinhão, na região central do Paraná, na segunda-feira (4).

Pela manhã, um homem de 35 anos, armado com uma faca, entrou no prédio de um Centro de Assistência Social (CRAS). Segundo o relato de testemunhas que trabalham no local, ele rendeu a primeira funcionária pública, que conseguiu escapar e chamar a polícia.

Depois, ele aceitou “trocar” uma segunda refém que fez pela diretora da Secretaria Municipal de Assistência Social. Ela ficou sob controle dele por quase 10 horas e foi liberada no início da noite.

Toda negociação com o sequestrador, que pediu dinheiro em troca da vítima, foi conduzida pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (B.O.P.E) de Curitiba. A polícia local também participou.

 Bope de Curitiba conduziu as negociações em Pinhão (Foto: Victor Hugo Bittencourt/RPC)Bope de Curitiba conduziu as negociações em Pinhão (Foto: Victor Hugo Bittencourt/RPC)

O suspeito foi preso depois de libertar a diretora. Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp), ele já tinha sido preso por homicídio em 2001. Ele chegou a fugir da penitenciária e foi recapturado três meses depois.

Em agosto deste ano, colocou uma tornozeleira eletrônica. Ainda de acordo com a Sesp, o homem seria monitorado eletronicamente por seis meses e 26 dias.

 Agora, ele deve responder por extorsão mediante sequestro, segundo o delegado Rodrigo dos Santos. “Esse crime tem uma pena prevista de oito a 15 anos de prisão”, explica.
Vítima foi feita refém por quase 10 horas (Foto: Rádio Pioneira FM/Arquivo pessoal)

Vítima foi feita refém por quase 10 horas (Foto: Rádio Pioneira FM/Arquivo pessoal)

http://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2017/12/c161203e-b4a5-4648-8c84-00c43d37907e.jpghttp://www.portalrtn.com.br/wp-content/uploads/2017/12/c161203e-b4a5-4648-8c84-00c43d37907e-150x150.jpgR T NDestaquePoliciaPor RPC Guarapuava Outra mulher ficou refém de suspeito por quase 10h em Pinhão, no Paraná. ELe chegou e perguntou sobre a assistente social e, como ela não estava, disse 'Fica quieta, que eu estou com uma faca e estou pronto para tudo!'', lembra uma das três mulheres feitas reféns em...Portal de Notícias RTN